Restos de dinossauro são encontrados no Rio Grande do Sul

Paleontólogos brasileiros anunciaram a descoberta de um pequeno dinossauro carnívoro no município de São João do Polêsine, na Formação Santa Maria, na região Central do Rio Grande do Sul.

Os pesquisadores do projeto ULBRA Paleontologia, encontraram mais um esqueleto de uma mesma espécie que já haviam descoberto há um ano. Os restos fossilizados pertencem a um pequeno dinossauro de 50 cm de altura e aproximadamente 1,3 m de comprimento, com peso de cerca de 8 quilos. Eles teriam vivido há 228 milhões de anos.

A descoberta aconteceu em novembro de 2009, quando uma pequena vértebra foi avistada pelo biólogo André Augusto Brodt, que acompanhava uma expedição de busca.

O novo animal deve ser carnívoro e remonta à origem dos dinossauros. Segundo os paleontólogos da expedição Tiago Raugust, Sérgio Dias da Silva e Rodrigo Carrilho, os fósseis de dinossauros do período Triássico são raríssimos e não há mais que uma dezena de achados em todo o mundo.

Segundo Dias da Silva, o Rio Grande do Sul, e esta localidade em particular, tem muito a explicar sobre a diversificação inicial do grupo, já que este é o sexto tipo diferente de dinossauro Triássico encontrado no Estado.

“Esse achado reforça a idéia de que esse grupo tão diverso e bem sucedido no Jurássico e Cretáceo (períodos geológicos subsequentes ao Triássico) se diversificou em vários grupos, ainda no Triássico, e apenas alguns poucos milhões de anos após o seu surgimento na Terra”, afirma Dias.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: